Para Thiago Novello Jacomassi

Dia desses eu estava na xérox, lendo uma apostila de Exemplos de Paráfrase Criativa Escolar, e me deparei com um poema seu, que foi publicado em um livro didático de Língua Portuguesa, escrito em Março de 1994. Na época o senhor tinha 10 anos, segundo a informação do livro. Eis aqui a inocência que me encantou semana passada:

A Televisão

“Eu sou uma televisão.
Eu sou cheinha de botão.

Dá para assistir o Programa do Faustão.
E mudar de canal de montão.
Eu mostro Programa Legal e ruim.
Pode até instalar o vídeo-game em mim.
Eu só não posso andar, pular e brincar.
Porque eu sou feita de aço e ferro para durar!”

Já faz 14 anos. O senhor estudava no Colégio Batista Brasileiro e cursava a quarta série. Hoje em dia o senhor deve ter 24 anos e, como todo jovem, deve ter se rendido a Internet. Então, caso esteja lendo esta carta, quero saber se o senhor virou escritor ou jornalista. Pois começo a acreditar que há um novo Manuel Bandeira entre nós e ninguém sabe.

Incrível mesmo é o que se pode encontrar na xérox…

Anúncios

Fale com ela:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s