Cor-de-ninfa

( Para Sophie. )
Sonhei com alguém inexistente, alguém de um futuro talvez distante. Alguém que com sorte virá, quem sabe. Alguém que só vive mesmo em meus sonhos.
Sonhei com você, Sophie. Faz tempo já, filha. Um sonho curto, porém inesquecível. U  brilho lilás, cor-de-ninfa. Eu sentada em frente ao piano de sua bisa. Você chegando, correndo pela sala. Eu não consigo ver nada além de um par de olhos verdes e cabelos cacheados ruivos e esvoaçantes, iguais aos da mamãe quando pequena. Nesta casa tem muita névoa, é como se estivéssemos em uma nuvem. O céu está todo azul, sim, tudo em volta é celestial. E, a medida que você passeia, seus passos brilham lilases, cor-de-ninfa…
Você se senta em meu colo. Nem pede, não faz cerimômia. Para quê? Somos íntimas. Somos mãe e filha. Você bate com as mãozinhas no piano e eu me disponho a ensinar-lhe uma canção, como fazia comigo sua bisa. Suas mãos são pequenas, mas tem unhas bonitas. Diferente das mãos da mamãe: Grandes, unhas roídas. Ainda assim são as mãos de uma escritora, de pianista…
Que idade você tem? Quatro anos, talvez? Não se sabe, eu não sei. Deduzo apenas. Eu me lembro de quando tinha quatro anos, estava começando a ficar bem magrinha. Você não. Você é saudável, rosada, corada. A pele branca confunde-se entre as nuvens, custa-me um pouco a visão. Os cachos, os cachos avermelhados que você tem e que eu perdi outrora. Os olhos, os olhos verdinhos, bastante puxados. Minha Teresa da praia.
Barulho de chave girando, a porta se abre. Me assusto um pouco e você diz: “Tudo bem, mamãe”, me tranquilizo. Alguém pronuncia meu nome, é a vozde um homem. Você corre até ele, eu me esforço para ver: Um homem bonito, barba por fazer, mas tem seu charme, é belo. Não posso ver muito, estou voltando, estou perdendo o seu abraço, Sophie, estou…
Acordo. Um brilho lilás, cor-de-ninfa, evapora no ar.

Anúncios

7 respostas em “Cor-de-ninfa

  1. Grande alegria é ser e ter um sonho realizado.
    Boa sorte a Sophie… (ela vai adorar ler isso um dia)
    Belo texto

    beijos e fique com Deus

  2. Perdoe pelo meu sumiço… as coisas tão cansativas. (tive problemas com estfa inclusive) mas vou sobreviver.. (me sinto um soldado)
    não esqueci sua carta não…
    nem de escrever..
    so não tive tmepo…
    um abraço caio
    ps;: não me esqueci nem de vc nem do vidal

  3. Texto delicioso, muito bom mesmo, as imagens vão surgindo na mente enquanto vc vai contando de uma forma muito doce.

    fico impressionado como vcs mulheres são fascinadas por crianças, vivem sonhando com suas filhas, hahaha, acho muito engraçado… Homem geralmente quando pensa nessas coisas é pensando em levar o filho homem pro estádio ver futebol…

    vc me permite fazer uma correção? dps de pontos ou de vírgulas não se pode colocar pronomes, tipo: (…)mamãe”, me tranquilizo(…) ou “a porta se abre. Me assusto”. Isso é um vício de linguagem, pq dificilmente a gente fala: Assusto-me… aí acaba tendo tendência a escrever assim tbm…

    olhe! qualquer erro q vc identificar em meu blog me fale tbm por favor…

    bj

  4. Aii, que coisa mais linda, mais maternal.♥
    tô apaixonada pela leveza do seu post ;)

    Beijos

Fale com ela:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s