Adivinha

“-Que livro é esse?
-Estava na prateleira de Poesia antes de te ver.
-O que que é? Manuel Bandeira, o seu predileto?
-O meu predileto? E qual é o seu predileto?
-Ah, meu amor, você sabe!
-Será que sou eu?
-Manuel Bandeira.
-Não, Manuel Bandeira é o meu predileto.
-Foi isso que eu disse, Heitor.
-Você disse isso, mas ainda não adivinhou.
-João Cabral de Melo Neto?
-Não.
-Nina Horta, “Não é Sopa”.
-Esse aqui é de culinária, tá na prateleira errada.
-Shakespeare!
-Platão.
-Ionesco!
-Platão.
-Pitágoras!
-Platão.
-Touché. Eu te amo.”
:: Do estranho (mas ótimo) filme A Via Láctea, de Lina Chamie, com Marco Ricca e Alice Braga.

“Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?”

::Amar – Carlos Drummond de Andrade.

*Era Drummond.

Anúncios

8 respostas em “Adivinha

  1. Adoro filmes estranhos porém que prendem nosso interesse… Acho que vou aproveitar a dica.
    Beijo

  2. Infelizmente não consegui ver o filme. Quando ele estava no cinema, estava num período atarefado e não consegui vê-lo. Enfim, vou procurar depois. Quanto a Drummond, não preciso nem dizer, ADORO!

  3. Filmes brasileiros apesar de sua estranhice tem seu charme.
    Tava lendo seu perfil, aquele “meio intelectual, meio de esquerda” veio de uma crônica de alguém que eu não me lembro agora, mas que eu creio que se chama Bares Meio Ruins ou algo assim, não?
    Beijos

Fale com ela:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s