Impossibilitada no momento

Estou louca para voltar a escrever, tenho excessos e ataques de assuntos diversos, mas falta-me tempo, paciência e inspiração para a escrita. E tempo, principalmente, me têm sido algo de extrema importância do qual não mais devo perder. Preciso, na verdade, aprender a administrá-lo.
Me atarefo com o grêmio, com malditos partidos políticos, por minha iniciação de militante, com os problemas de convivência e conveniência daqui de casa, com meu amor longe de mim (importância máxima), com meu emprego de bibliotecária, com a escola, com meus amigos velhos e novos e com dois que voltam e outro que se vai porque eu quis assim.
Histórias complicadas que precisarei contar aos poucos. Peço apenas que aguardem, pois não abandonei vocês, amo-os simples e eternamente meus leitores!

Anúncios

9 respostas em “Impossibilitada no momento

  1. Arrume tempo ao menos para ler a tardia carta que encomendastes!

    E quanto ao tempo, nos vingamos imprimindo letras para a eternidade. Não deixes de imprimir as tuas, seja como for.

  2. Como sua leitora mais fiel, ausente às vezes, mas a mais fiel, digo que espero impaciente por seus textos. ;D
    Mas digo que consiguirei esperar impacientemente por todo tempo que precisares. ;D

  3. Militante bibliotecária no grêmio?

    Coisas que a gente vê…
    Bibliotecária aproveitar pra ler os livros?!
    Nunca vi uma assim, acho…

    Vou passar mais aqui

  4. Nina!
    Como eu adoro o que escreves, te esperarei com o maior prazer e com toda a ansiedade também.
    Desejo-te que consigas administrar teu tempo e ser feliz e plena em tuas tarefas.
    Grande abraço da tua leitora e amiga blogueira ♥.

  5. Passei por aqui pra ler uma de suas afinadas crônicas e, depois disso, refletir e me surpreendi com o que encontrei: no lugar de uma nova crônica, uma bibliotecária-militante sem-tempo [!]. Desejo-lhe “merda” nessa nova(pelo menos pra mim) vida.
    P.S.:Ia passar aí na sexta pra conversar, fazer nada e te chamar pra tomar açaí(vc gosta?–>is very good), mas a incerteza de virginiana e o Hobbit não me deixaram ir…
    Beijos,
    Esther(ainda lembra de mim?)

  6. Oiii Nina!
    Só passando pra dizer que mesmo sumido, continuo por aqui, acompanhando e louco por atualizações… admiro vc, aprendo demais com teus textos e sensibilidade!
    Bjokinhas… carinho e sempre, td de melhor pra vc!!

  7. Saudade de vir aqui quase que diariamente só para ver chegar mais um dos seus textos incríveis!
    Fico esperando…
    um beeijo!

  8. Zuba, que história é essa de um amigo que se vai?! Você vai ter que me contar essa. Amanhã você não me escapa!

Fale com ela:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s