Eu, Grinch

Eu, Grinch

Eu, Grinch

Odeio Natal. Na verdade, as festas comemorativas de final de ano não tem outro intuito além de acelerar cada vez mais o supremo processo do capitalismo (mas isso é conversa de socialista pequena-burguesa, fica para outra hora). Desejo um feliz Natal à todos, porque todos merecem, embora eu não mereça ter que visitar os blogues de vocês em versões natalinas e com posts de Natal, argh! Mas paciência. E, por favor, leiam a crônica abaixo, a quem interessar possa, sobre minha viagem à Minas. Os comentários dessa postagem “Eu, Grinch” estão fechados.

Anúncios